Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Vírus que vêm e vão

29.10.20

Tintim_e_o_Templo_do_Sol.jpg

 

Seguem-se dois comentários que deixei, há poucos dias, num fórum de discussão.

 

COVID-19: Vacina da Universidade de Oxford com "resposta imunitária robusta" em adultos
https://lifestyle.sapo.pt/saude/noticias-saude/artigos/vacina-da-universidade-de-oxford-com-resposta-imunitaria-robusta-em-adultos

 

[Falando sobre as normais vacinas,]

Que uma pessoa que foi injectada com um vírus produza anticorpos contra o mesmo, não duvido...


Agora, que uma pessoa que foi injectada com a versão modificada de um vírus esteja, desse modo, a produzir anticorpos também contra a versão original do mesmo, é que já duvido seriamente: https://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=9475.msg325861#msg325861

[Falando sobre as novas vacinas, em particular,]

Venham os "estudos" dizer isto e aquilo...


Toda a gente bem informada já sabe o quão corrompida se encontra a Ciência: https://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=9302.msg341468#msg341468

Mas, pronto. Se são os governos (em conluio com a indústria farmacêutica, que repetidamente aldraba estudos: https://archives.infowars.com/big-pharma-researcher-admits-to-faking-dozens-of-research-studies-for-pfizer-merck-2/) que estão notoria e claramente a mentir sobre esta suposta pandemia (https://blackfernando.blogs.sapo.pt/para-quem-tenha-memoria-de-peixe-192072) os mesmos que dizem que as vacinas que aí vêm são eficazes e também seguras, toca a acreditar - uma vez mais - em tais governos, certo?

[Falando sobre vacinação, em geral,]

Tal como a própria imprensa de massas já tem admitido, assim que o vírus tiver circulado o suficiente, irá ser adquirida a chamada "imunidade de grupo"...

 

Os cientistas não se entendem e a discussão sobre a imunidade populacional continua
https://www.dn.pt/vida-e-futuro/os-cientistas-nao-se-entendem-e-a-discussao-sobre-a-imunidade-populacional-continua-12958350.html

 

Ora, irá esta gripe durar os mesmos cerca de 2 anos que durou então a gripe espanhola (https://pt.wikipedia.org/wiki/Gripe_espanhola)?

(Ou significativamente pouco mais do que isso, como a anterior gripe russa, que se espalhou no menos desenvolvido século XIX (https://pt.wikipedia.org/wiki/Gripe_russa)?)

E, a ser tal imunidade de grupo coincidente com a administração das vacinas, tal será isso mesmo - uma coincidência (em termos de tempo).


Mas, uma vez mais - como foi nos casos da gripe asiática (https://pt.wikipedia.org/wiki/Gripe_asiática) e da gripe de Hong Kong (https://pt.wikipedia.org/wiki/Gripe_de_Hong_Kong) que também duraram cerca de 2 anos - lá virá a propaganda que dirá que a doença em causa quase que desapareceu por causa das vacinas...

 

*

 

(E, na falta de confiança geral em estudos médicos e em média de massas - Wikipedia incluída - não há nada como fazer as nossas próprias observações: https://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=9475.msg325891#msg325891)

Perguntei ontem, a uma pessoa da minha família que sei que apanhou a "gripe asiática" quando era criança - e que é até filha de um médico veterinário - se se lembra de alguma vacina que tenha surgido em Portugal nessa altura, contra tal gripe.

A resposta foi negativa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 15:27


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.10.2020 às 22:09

Conspiracy??? Take it with a grain of salt...
h*tps://www.bitchute.com/video/vlXq1yrElhKl/
Who dares to go deeper?
Be carefull, be very carefull.
Warn you I must.

comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.