Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Governo português já MATOU pessoas com produto farmacêutico

06.12.20

A propósito da <MESMO MUITO IMPORTANTE DENÚNCIA> recente, sobre os potenciais perigos das novas vacinas (de natureza até experimental) de suposto combate ao COVID-19, que aí vêm, importa também muito que saibam (ou se lembrem) todos do seguinte.

O governo português já matou, conscientemente, pessoas com um produto farmacêutico que sabia muito bem estar contaminado.

Não sendo sequer o único governo ocidental que o fez, na mesma altura, num caso que se tornou bastante conhecido. (Tendo, no entanto, o nosso país muito tristemente se distinguido por não ter enviado ninguém para a prisão por causa disto.)

 

 

Segue-se uma notícia que denuncia que o governo português sabia muito bem o que estava a fazer.

 

LEONOR BELEZA É RESPONSÁVEL POR 23 MORTES DE HEMOFÍLICOS

Maria de Lurdes Fonseca, vice-presidente da Associação Portuguesa de Hemofílicos, quer que a ex-ministra da Saúde e os restantes dez arguidos do processo do sangue contaminado com o vírus da sida sejam julgados. Assegura que não está nesta luta por dinheiro e que não vai desistir enquanto não se fizer justiça.

23 de Julho de 2003

Correio da Manhã - Com a decisão do Supremo de Tribunal de Justiça, acabaram as hipóteses de Leonor Beleza e os restantes dez arguidos irem a julgamento?
Maria de Lurdes Fonseca - Não. Há dois familiares das vítimas contaminadas com o vírus da sida, por causa do factor VIII proveniente do laboratório austríaco Plasmapharm Sera - lote 810536 - que vão continuar a clamar por justiça e que contam com o total apoio da Associação Portuguesa de Hemofílicos.
- Em 14 de Março de 1997, o juiz do Tribunal de Instrução Criminal Paulo Pinto de Albuquerque escreveu que o processo estava prescrito...
- ...nós entendemos que o processo dos hemofílicos só prescreve em 2007, tal como sustentou a dr.ª Maria José Morgado no recurso para o Supremo, dado que houveram interrupções que não foram contadas. Refiro-me ao tempo - quase dois anos - em que o processo esteve parado no Tribunal Constitucional. Tal como a dr.ª Maria José Morgado, nós também entendemos que esse tempo não devia contar. E se somarmos todas as suspensões, chegamos a 2007.
- Há quanto tempo está na luta para que, segundo diz, se faça justiça com o processo dos hemofílicos?
- Desde 1986. No entanto, só apresentámos queixa no DIAP em 1992. De 86 a 92 não tivemos meios para avançar. E não queríamos que ninguém soubesse quem eram os infectados, dado que se isso fosse tornado público teria consequências terríveis para as pessoas. Optámos, então, por fazer trabalho de gabinete para resolver a situação.
- Quando é que souberam que os produtos derivados do sangue do laboratório Plasmapharma Sera não estavam em condições de ser utilizados?
- Foi em 1986, através de uma publicação da Associação Austríaca de Farmácias. Nessa publicação, o Ministério da Saúde Austríaco fez uma vistoria a esse laboratório e encontrou derivados do plasma infectados com o vírus da hepatite B e outros lotes com excesso de pirogénios. Alertámos imediatamente a, na altura, ministra da Saúde, Leonor Beleza.
- Que resposta tiveram?
- Disseram-nos para conseguirmos o despacho autenticado do Ministério da Saúde Austríaco. E que se o conseguissemos não voltariam a adquirir produtos derivados do plasma desse laboratório. Conseguimos esse despacho, devidamente autenticado, antes da segunda adjudicação, em 1987. Mesmo assim, a dr.ª Leonor Beleza não nos deu qualquer importância e o Ministério da Saúde continuou a comprar produtos à Plasmapharm Sera. E um desses produtos era o Factor VIII, imprescindível para os hemofílicos.
- Foi só o Ministério da Saúde da Áustria que desconfiava desse laboratório?
- Não, temos um documento da Federação Mundial de Hemofilia onde está escrito que desconfiavam de um laboratório austríaco que mais tarde se confirmou ser o Plasmopharm Sera. Até a Associação Austríaca de Hemofílicos declarou que os seus doentes não usavam o factor VIII desse laboratório. E informámos a dr.ª Leonor Beleza de tudo isto. Mesmo com estes documentos, o Ministério da Saúde continuou a importar o Factor VIII desse laboratório.
- O passo seguinte foi...
- ...mandar-mos fazer análises cegas, na Áustria, a um dos lotes do Factor VIII, concretamente o n.º 81 05 36. E em Novembro de 1986, um instituto estatal da Áustria responde-nos que o Factor VIII, que estava a ser utilizado em Portugal, tinha anticorpos do vírus da SIDA. Informámos logo a drª Leonor Beleza. Mesmo assim, o Factor VIII desse lote continuou a ser utilizado até se esgotar - eram para vir 1500 frascos, mas só chegaram 500 a Portugal - em 1987. Não foi retirado dos hospitais.
- Tem a certeza de que a dr.ª Leonor Beleza soube dos resultados das análises feitas na Áustria?
- Tenho a certeza absoluta. Prova disso é que, no dia 12 de Novembro enviámos-lhe um telefax. E, nos autos, esse telefax aparece com uma anotação da dr.ª Leonor Beleza, na qual diz: "Pedir à minha mãe que me informe sobre o que se passa." Esta nota tem a data de 19 de Dezembro. Na altura a mãe da Ministra da Saúde, dr.ª Maria dos Prazeres Beleza, exercia o cargo de Secretária Geral do Ministério da Saúde. Curiosamente, a dr.ª Leonor Beleza, em Tribunal, afirmou que não se lembrava de nada do que escreveu. Já a mãe, que à data estava a acompanhar o assunto, veio dizer, também no tribunal o seguinte: "Esses pedidos sucederam-se no tempo com grande frequência, sempre juntando a APH novos elementos (...) por outro lado, nunca houve insistências telefónicas que acompanhassem os pedidos escritos de modo a que a respondente fosse forçada a marcar a dita reunião."
- Os 500 frascos que mencionou foram parar a que unidades de Saúde?
- Ao Hospital de São José, mas é muito provável que o lote 81 05 36 fosse disponibilizado a outros hospitais.
- Quantos hemofílicos foram tratados com esse lote contaminado com anticorpos do vírus da sida?
- 35 pessoas foram identificadas no despacho da acusação.
- Quantos já morreram?
- Sei que 23 já faleceram, por causa do vírus da sida. A maioria com idades compreendidas entre os 18 e os 30/35 anos. Temos os certificados de óbito dessas mortes, onde está escrito que morreram por causa do vírus da SIDA. A drª Leonor Beleza é responsável pela morte de 23 pessoas e não lhe aconteceu nada. Ela não deu ouvidos aos nossos avisos. Ela tem mesmo de ser responsabilizada por essas mortes. E os outros 12 têm morte anunciada.
- Em 1986 não havia legislação que obrigava os lotes do Factor VIII a serem acompanhados por um certificado do país origem que atestava que estivessem em condições?
- O lote 81 05 36 entrou em Portugal na vigência desse despacho. Mas a verdade é que foi utilizado, sem ter esse certificado.
- Que pretende a Associação Portuguesa de Hemofílicos com esta luta?
- Apenas justiça. Não queremos dinheiro. Os 35 hemofílicos contaminados com o vírus da sida já foram indemnizados pelo estado, com 12 mil contos cada um, através de um Tribunal Arbitral que nos custou muito a conseguir. Infelizmente, a dr.ª Leonor Beleza tem contado com a influência dos políticos. Até de Mário Soares. Mas ela há-de ir a julgamento. Nem que seja no Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.

PERFIL
Nome - Maria de Lurdes do Nascimento Ferreira Felício da Fonseca.
Data de nascimento - 28/6/36
Naturalidade - Lisboa
Estado civil - Casada
Percurso profissional - Funcionária dos CTT, actualmente em licença sem vencimento. Vice-presidente da Associação Portuguesa de hemofílicos desde 1979.

 

Sendo que,

1) Se querem saber por que razão chamo eu a atenção para isto, deixei as dicas para tal <aqui>.

2) E, se quiserem saber ainda melhor por que razão eu estou a fazer esta importante colocação, podem espreitar <esta> e também <esta> colocações que eu fiz no mesmo fórum de discussão.

 

*

 

[Acrescentado a 09/12/2020: Não deixem de ver o muito importante vídeo abaixo colocado.]

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O que, de MUITO MAU e pior, contêm as futuras vacinas

31.10.20



Têm aqui mais um vídeo (este, da autoria do mesmo médico que é o principal protagonista do vídeo acima colocado) que menciona o imensamente preocupante facto (e, acima de tudo, possíveis muito sérias implicações) de se estar a injectar alguém com material genético estranho.
E, têm também aqui mais informação sobre a problemática geral de que se fala neste vídeo.
Nesta muito importante entrevista, têm a denúncia de um outro nefasto (e também incrível) componente destas vacinas - a fazer lembrar um conhecido episódio histórico.

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 18:21

Bill Gates a falar de uma "Solução Final"

23.09.20

(Da boca da mesma pessoa que diz que as vacinas ajudam a reduzir a população mundial... Lembrem-se de que, esta gente tem o hábito de fazer "piadas internas" perante os que são ignorantes: [1] [2] [3])

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 09:31

Quem vos avisa...

17.08.20

russian_vaccine.jpg

 

Assunto: Cuidado com as vacinas

[A propósito desta notícia: https://br.sputniknews.com/opiniao/2020081115937087-editorial-proibido-vacina-sputnik-como-salvadora-da-parceria-global/]

Toda a gente que investiga a história das vacinas, conclui que estas - pelo menos, na sua forma actual e comum - constituem uma fraude científica. E, têm nas seguintes hiperligações o que eu próprio já tive a dizer sobre as mesmas:

https://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=9302.msg320809 #msg320809
https://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=9302.msg320920 #msg320920
https://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=9302.msg325245 #msg325245

Eu também já ouvi dizer, da parte de quem as investiga, que é possível produzir vacinas que funcionem realmente - mas, pessoalmente, nunca vi *provas* algumas disso (tendo apenas visto provas do contrário).

Com a "crise" (na verdade, Colapso Económico) que aí vem (ou se irá agravar), vai haver pessoas a mais para recursos naturais a menos (tal como já terão vocês concluído, a propósito do fenómeno do Pico do Petróleo). E, envenenar pessoas através de vacinas, ou incluir nelas agentes antifertilidade (que impeçam as mulheres depois de terem filhos - tal como já tem sido a ONU repetidamente apanhada a fazer: https://www.globalresearch.ca/mass-sterilization-kenyan-doctors-find-anti-fertility-agent-in-un-tetanus-vaccine/5431664) é uma muito boa maneira de "resolver" tal problema.

Extras:

https://www.prisonplanet.com/conclusive-global-distribution-of-rockefeller-funded-anti-fertility-vaccine-coordinated-by-who.html
https://www.prisonplanet.com/in-addition-to-vaccines-rockefeller-foundation-presents-anti-fertility-gm-food-for-%E2%80%9Cwidespread-use%E2%80%9D.html
http://news.biafranigeriaworld.com/archive/2003/jul/28/0142.html
https://www.prisonplanet.com/msnbc-in-cover-up-of-manifestly-provable-population-control-plan.html

Sobre o que dizem os russos,

O conhecido coronel de contra-espionagem militar, Daniel Estulin, que ainda tem ligações aos serviços secretos russos, tem repetidamente avisado as pessoas para não tomarem as vacinas que aí vêm - que se distinguem até por serem um novo tipo de vacina experimental que altera o ADN das pessoas:

(a partir dos 18m15s) https://www.youtube.com/watch?v=2UvNtf41z-0
(ou, em castelhano) https://www.buzzsprout.com/332756/2685775

Extras:

https://twitter.com/search?q=vacunas%20from%3AEstulinDaniel
https://en.wikipedia.org/wiki/RNA_vaccine

E, eu não sei (ainda) exactamente o que se passará na Rússia, para que o governo da mesma esteja a promover vacinas... Mas, sei também que Putin (tal como Trump) apenas controla parte do seu governo - estando a maior parte restante sob controlo de quem ainda domina o Ocidente (ler Estulin). E, por isso, não descarto mesmo nada a possibilidade de que também as vacinas que os russos estejam a avançar com contenham agentes nocivos.

 

[Acrescentado a 23/08/2020: Quando eu falo em envenenar pessoas através das vacinas, estou por exemplo a pensar nos vários casos em que foram descobertas vacinas contaminadas com vírus - https://web.archive.org/web/20090310144050/http://www.lifegen.de/newsip/shownews.php4?getnews=2009-02-25-5123 + https://www.sv40foundation.org/]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Parabéns, portugueses

21.02.20

eutanasia_parlamento_aprovada.jpg

Um comentário que escrevi há pouco, com Revolta, a uma colocação de Raquel Varela no seu blogue, a manifestar a sua concordância com o que ontem ocorreu...

 

O que saímos todos desta aprovação é:

1) com a convicção plena de que a palavra Democracia é uma anedota (por não ter sido algo tão importante como isto referendado – pois, não fazia parte das intenções visíveis dos partidos que foram eleitos) e

2) também com menos probabilidade de chegarmos a uma idade avançada.

Pois, hoje são as doenças incuráveis e amanhã são as condições tratáveis (como já se faz nos Países Baixos). E, hoje é voluntário e amanhã, com o SNS a ruir a olhos vistos, já poderá não ser voluntário – para que se poupem recursos cada vez mais escassos – pois, o dinheiro que foi para banqueiros privados e afins irá certamente fazer falta ao SNS (como, aliás, já está claramente a fazer).

Ver: https://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=7753.msg325616#msg325616

Parabéns portugueses, por mais este enorme retrocesso civilizacional! (Primeiro o Aborto, agora isto!)

Matem os velhos, ou convençam-nos a morrer quando eles já estiverem meio “xexés”, que é da maneira que recebem as heranças mais cedo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 14:20

Bloqueado de seguir a conta no Twitter do partido "Os Verdes"

13.11.19

Sabendo eu como funcionam as coisas no Twitter, não descarto a hipótese de não terem sido eles a fazer isto... Mas também, olhando para o quão mentirosos são (i.e. para o tamanho da falta de carácter ou de nível de) os mesmos, fico na dúvida - e suspeito até mais do partido em causa...

 

Screenshot_2019-11-13_18-08-42.png

 

O bloqueio e consequente censura (pois, fico assim impedido de fazer mais comentários às suas colocações) surgiram poucas horas depois de ter eu feito os seguintes, muito reveladores, tweets.

 

verdes.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A principal razão (i.e. a razão de fundo e de a longo prazo) para a enorme fraude do suposto "aquecimento global" antropogénico

26.09.19

MarchaPeloControlo.png

[Um comentário que hoje deixei no blogue da historiadora Raquel Varela.]

 

(Embora a RTP 2 tenha já feito um muito discreto debate sobre o assunto, há uns bons anos: https://vimeo.com/6727986)

Aos mentirosos do “aquecimento global” obviamente que não interessa debater o assunto...

Pois, no dia em que o fizessem, perante todos, qualquer pessoa com um mínimo de formação científica (suponho até que, ao nível do 9º ano, que é comum para toda a gente) facilmente conseguiria perceber que tal suposto fenómeno não passa de uma *enorme mentira* (https://www.youtube.com/watch?v=bSAgCFLgaVI + https://controlc.com/6dbc7e9b). Não sendo por acaso que uma enorme quantidade de cientistas até quiseram processar o Al Gore: https://www.youtube.com/watch?v=fdRaxN5jUZE

(Ex: As análises a amostras de gelo colhidas na Antárctida *provam* que o aumento e a diminuição do CO2 na atmosfera ocorrem *posteriormente* e com um desfasamento de 800 anos relativamente ao aumento e à diminuição das temperaturas na Terra – ou seja, que são as variações na temperatura da Terra que causam variações na quantidade de CO2 na atmosfera, e não o inverso – https://www.youtube.com/watch?v=YrsUQ5jw_B4)

Quanto às alternativas energéticas,

A fusão nuclear já poderia até ser uma realidade, não fossem o consciente e propositado subfinanciamento do desenvolvimento da mesma e o cancelamento de projectos quando estes têm sucesso – tal como é denunciado na seguinte muito boa palestra: https://www.youtube.com/watch?v=Wbtj29ERG-Y

E, mesmo a fissão nuclear, não é perigosa como as pessoas pensam. Pois, o pior incidente de todos neste domínio foi, na verdade, resultante de um acto de sabotagem ocidental (http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=67.msg316313#msg316313) – tal como irá ser, ao de leve, indiciado numa série de televisão russa, que surgiu em resposta à recente série de televisão estadunidense: https://www.presstv.com/Detail/2019/06/08/597988/Russia-Chernobyl-HBO-US-CIA

O objectivo final de todas estas mentiras e sabotagens, é reduzir a população mundial (https://larouchepac.com/category/green-fascism) para níveis que sejam mais fáceis de controlar (https://c2.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/G851381ad/21026775_tNCDk.png). Pois, (tal como denunciam aqueles que têm fontes em serviços secretos e afins: https://twitter.com/search?q=proportional%20density%20from%3AEstulinDaniel) sabem os cientistas sociais ao serviço das elites que, o progresso e desenvolvimento de uma sociedade é directamente proporcional à densidade populacional da mesma. E, com tantas pessoas que vão surgindo no Planeta (agora com acesso à Internet e outros meios não controlados de disseminação da Informação, da Cultura e do Conhecimento) torna-se cada vez mais difícil às elites que gerem a sociedade controlar a mesma. [https://blackfernando.blogs .sapo.pt/o-acesso-a-cultura-e-ao-conhecimento-147909]

 

[Ao qual depois fiz um pequeno acrescento...]

 

(E, sendo você, Dra. Varela, também uma cientista social, se duvida do que eu digo no meu último parágrafo, pare para pensar...)

O resultado final das medidas políticas de suposto combate ao dito “aquecimento global” irá ser, obviamente, ficar toda a gente mais pobre... Ora, não é muito mais fácil controlar trabalhadores e restante “arraia-miúda” da sociedade se estiverem estes com problemas pessoais e sociais, subnutridos e sem dinheiro para acesso à Internet, livros e afins?

Autoria e outros dados (tags, etc)

É por isto que vai ser legalizada a Eutanásia

12.09.19

euthanasia.jpg

Tal como eu aqui anteriormente <disse>... Primeiro, é algo de voluntário. Depois, deixa de o ser...
(E, passam os próprios seres humanos, também ao serviço deste sistema, a ter o mesmo destino que têm por exemplo os cães-polícia, que são abatidos quando não têm mais utilidade.)

 

Universal Healthcare? 41-Year-Old Disabled Man Euthanized By Canadian Gov

 

E, se têm ainda dúvidas de que o fime Soylent Green é mais um que visa mentalizar as pessoas para o que está planeado, têm também a seguinte notícia recente.

 

Cannibalism: Professor Says Eating Human Flesh Will Save Planet From ‘Climate Change’

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 06:54

Ainda sobre a SIDA (e, por extensão, também sobre outros vírus)

09.07.19

epi_pan_demics.png

[Um comentário que deixei, há pouco, em resposta a um outro comentário que falava sobre o conhecido princípio farmacêutico de que "curar doentes é mau para o negócio", que vieram a propósito de uma notícia sobre uma possível cura para a SIDA. Comentário este, que serve de acrescento (e vice-versa) a uma outra colocação anterior que aqui fiz.]

 

Quem pense que tal cura efectiva não exista já – e, há muito tempo – pergunte à mulher do muito rico “Magic” Johnson, o que queria ela (verdadeiramente) dizer quando, numa entrevista, disse uma vez que o seu marido estava “curado”...

Sobre este vírus,

1) Passando ao lado do benefício económico... Há um muito mais importante benefício social: que é o de terem as elites governantes populações subordinadas doentes – e, consequentemente, (física e economicamente) fracas, para o caso de quererem as últimas alguma vez lutar socialmente contra as primeiras.

2) O vírus da SIDA é conhecido por (misteriosamente ou não) ter uma taxa de infecção *muitíssimo* maior entre pessoas que vivem em África – que, coincidência ou não, habitam os países que se querem mais subdesenvolvidos, para não consumirem os seus recursos naturais, que se querem antes importados para o Ocidente (informem-se sobre o documento NSSM200 de H. Kissinger). E, observando a enormíssima quantidade de gente que morre por causa deste vírus em África...

3) Também, há quem, analisando a genética do vírus da SIDA, avance como explicação mais provável, para a origem do mesmo, este ter sido uma criação de laboratório (notícia do Sunday Express de 1986 “AIDS ‘Made in Lab’ Shock”, revista Executive Intelligence Review, entre outros).

4) Ora, juntando os pontos anteriores – e falando em termos hipotéticos... Quisessem vocês espalhar um vírus à vossa volta, não o fariam só em caso de terem já uma cura para o mesmo, pensando na hipótese deste atingir acidentalmente alguma pessoa do vosso grupo?

Por tudo isto...

Mesmo que venha a ser disponibilizada uma cura para a SIDA, não contem com a mesma ser providenciada às populações pobres em África (da mesma maneira que se faz tal coisa para os tratamentos do Ébola) e, quando começarem os cortes a sério no SNS, não contem com que venha esta cura a ser distribuída por entre pessoas reformadas, que já não tenham utilidade para as elites. (Oiçam o Bill Gates sobre os chamados “Death Panels”.)

Autoria e outros dados (tags, etc)