Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mera coincidência?

17.03.20

A música foi colocada no YouTube no início deste mês. E, o álbum a que pertence vai ser lançado dentro de pouco tempo, no início da Primavera.
Ontem, vinha a chegar de um supermercado local (depois de ter estado, pela primeira vez, numa fila fora do mesmo) e o autorrádio tocava isto. Fui hoje ver a letra à Internet e é mesmo muito... dado a desgraça associada ao que se está a passar, nem sei bem como qualificá-la...

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 21:04

Mais uma parte da História de Portugal ainda por contar...

23.02.20

maconaria.jpg

(A anterior parte, à qual implicitamente me refiro, é a de que eu falava <aqui>.)

Para quem queira "juntar os pontos":

1) Como controla a Maçonaria a sociedade portuguesa? R: Acima de tudo, através do Parlamento.

2) Quando, como e por que razão foi criado o Parlamento? R: Na sequência da Revolução Liberal de 1820.

3) O que fez despoletar a Revolução Liberal de 1820? R: Uma acção repressiva por parte dos britânicos, que dominavam o País.

4) Por que razão actuaram os britânicos? R: Em resposta a um movimento por trás do qual esteve a Maçonaria.

5) Quem é que lidera a Maçonaria, a nível mundial?

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 12:40

Parabéns, portugueses

21.02.20

eutanasia_parlamento_aprovada.jpg

Um comentário que escrevi há pouco, com Revolta, a uma colocação de Raquel Varela no seu blogue, a manifestar a sua concordância com o que ontem ocorreu...

 

O que saímos todos desta aprovação é:

1) com a convicção plena de que a palavra Democracia é uma anedota (por não ter sido algo tão importante como isto referendado – pois, não fazia parte das intenções visíveis dos partidos que foram eleitos) e

2) também com menos probabilidade de chegarmos a uma idade avançada.

Pois, hoje são as doenças incuráveis e amanhã são as condições tratáveis (como já se faz nos Países Baixos). E, hoje é voluntário e amanhã, com o SNS a ruir a olhos vistos, já poderá não ser voluntário – para que se poupem recursos cada vez mais escassos – pois, o dinheiro que foi para banqueiros privados e afins irá certamente fazer falta ao SNS (como, aliás, já está claramente a fazer).

Ver: https://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=7753.msg325616#msg325616

Parabéns portugueses, por mais este enorme retrocesso civilizacional! (Primeiro o Aborto, agora isto!)

Matem os velhos, ou convençam-nos a morrer quando eles já estiverem meio “xexés”, que é da maneira que recebem as heranças mais cedo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 14:20

Eu avisei. (E, não era preciso ser nenhum génio para o antever...)

06.02.20

republica_bananas.jpg

 

Ordens no Ministério Público: "Acabaram as investigações a políticos"

 

Têm <aqui> o que eu disse, antes sequer da muito conveniente mudança de Procuradora-Geral.

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 23:26

Até parece que estas histórias ambientalistas são mentiras...

02.12.19

fuel_cells.jpg

Várias perguntas, que ontem deixei num comentário a uma notícia (das várias com que se iludem, em Portugal, os ignorantes quanto ao Colapso Económico que aí vem) em que se descrevia o hidrogénio como um "gás verde" - e que não obtiveram qualquer resposta satisfatória:

 

Então, mas o vapor de água (produzido na combustão do hidrogénio) também não contribui (e muito) para o suposto “efeito de estufa”? (https://www.theguardian.com/environment/2011/jan/28/water-vapour-greenhouse-gas) E, se assim é, como pode então o hidrogénio ser descrito como um “gás verde” – e ser até recomendado o seu uso? Não é por causa do suposto “aquecimento global” que irá o hidrogénio ser adoptado? Ups. Até parece que estas histórias ambientalistas são mentiras e não assentam em ciência real...

 

Pois, tal como acrescentei, numa resposta posterior:

 

Ainda que, a fazer fé no que dizem os média de massas mentirosos, o vapor de água cause um suposto efeito de estufa de curta duração, o que a *contínua* maior emissão deste gás para a atmosfera provocará é então um *contínuo* (i.e. também “fixo”) maior efeito de estufa... Não bate certo com a suposta preocupação ambientalista. (Aliás, entre outras coisas, a explicação para o próprio dito “efeito de estufa” não bate certo, tal como explicam alguns cientistas honestos – e o fez recentemente o Prof. de Climatologia Ricardo Felício, no próprio Senado Federal brasileiro.)

 

Têm aqui, se quiserem, o desmentido do mencionado Professor (daquela que é tida como a melhor Universidade de toda a Ibero-América) Ricardo Felício.

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 09:32

Não. Pôr um bebé num caixote de lixo, não é um acto tolerável.

19.11.19

intoleravel.jpg

Um comentário que deixei há pouco à muito boa análise que a historiadora Raquel Varela fez da polémica em curso.

 

A melhor análise que vi de toda esta polémica… Parabéns!

Eu próprio, depois de ter ouvido uma entrevista a uma muito conhecida figura defensora dos direitos das crianças, ainda recuei um pouco, por admitir a hipótese de se poder tratar de alguém com sérios problemas mentais. Mas, se não é esse o caso, obviamente que se trata este de um acto intolerável.

O facto do poder estabelecido (Presidente da República e afins) prontamente querer retratar a mãe em causa como “vítima”, faz obviamente parte do constante e contínuo processo de legitimação da irresponsabilidade por parte deste mesmo poder – obviamente, com vista a fazer dos actuais seres humanos, que constituem a sociedade, meros animais sem valores (e, por isso, fáceis de controlar e explorar).

É a mesma história de que com a legalização do Aborto (sei que a autora deste blogue quase certamente discordará deste aspecto, em particular) relativamente ao qual o poder estabelecido não desistiu enquanto não obteve um referendo favorável (mas deixou de referendar o mesmo, após tal ter sido legalizado).

Na Finlândia, por exemplo (que, tal como os restantes países nórdicos, serve de “ponta de lança” para os projectos sociais do poder estabelecido ocidental) já chegaram a um cúmulo em que, quem mata outra pessoa, vai para o que mais parece ser um campo de férias, em vez de para uma prisão (https://www.euronews.com/2019/07/19/finland-s-open-prisons-a-model-for-the-rest-of-europe) – porque, sabem, os criminosos são todos “vítimas da sociedade” etc.

Se os criminosos são todos “vítimas da sociedade”, então calem-se com as críticas aos políticos, capitalistas e restantes poderosos – que, essencialmente, são diferentes do comum criminoso apenas no grau de inteligência (por se terem apercebido de que, se cometerem os crimes dentro do próprio sistema, por norma não vão presos). Pois, estes últimos, mais do que “vítimas da sociedade”, são então também usualmente “vítimas” da educação familiar que tiveram.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bloqueado de seguir a conta no Twitter do partido "Os Verdes"

13.11.19

Sabendo eu como funcionam as coisas no Twitter, não descarto a hipótese de não terem sido eles a fazer isto... Mas também, olhando para o quão mentirosos são (i.e. para o tamanho da falta de carácter ou de nível de) os mesmos, fico na dúvida - e suspeito até mais do partido em causa...

 

Screenshot_2019-11-13_18-08-42.png

 

O bloqueio e consequente censura (pois, fico assim impedido de fazer mais comentários às suas colocações) surgiram poucas horas depois de ter eu feito os seguintes, muito reveladores, tweets.

 

verdes.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

O que é que dizia eu, há uns anos, sobre cocaína e a SIC?

29.10.19

cocaine.jpg

 

"'Cocaínados' há para aí aos pontapés, basta andarmos aí pelos corredores da SIC"

 

O seguinte, foi um comentário que deixei no blogue do jornalista Frederico D. Carvalho, em 2010.

 

Pois.
E o que as câmaras da SIC também não mostram são, compreensivelmente, as festas dos elementos de uma equipa de um dos seus canais, com mesas onde a cocaína se consome segundo a modalidade "bar aberto", nas quais também altas figuras da polícia marcam presença, e onde estas últimas, já depois de estarem algo intoxicadas, se gabam de estar feitas com os traficantes, explicando que as muito poucas apreensões feitas para a imprensa são acompanhadas de "indemnizações" aos pobres traficantes.
Surpreendente? Nem por isso, quando se sabe o quão importante é o fluxo de drogas para a economia mundial. (Leiam Michael C. Ruppert, Daniel Estulin, John Coleman...)
Da mesma maneira que em nada é surpreendente ver o quão à vontade e à descarada se vende droga em sítios como o Bairro Alto em Lisboa.
O que é um pouco de conivência e colaboração policial, quando temos os próprios militares a transportar a droga em aviões de carga e a defender as plantações dos caretas dos Taliban?

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 23:29

Livremo-nos do racismo. Chega de discriminação étnica.

22.10.19

[Um comentário que deixei, há pouco, num fórum de discussão...]

 

O "Livre" e o "Chega" são duas faces da mesma moeda...

Sendo esta, uma que é usada para criar divisões (étnicas e raciais) entre as pessoas - e mantê-las, deste modo, distraídas a "lutar" entre si, enquanto as elites fazem o que querem da sociedade, sem oposição (por estarem as massas governadas demasiado ocupadas com tais lutas estéreis e ridículas, entre si próprias).

O racismo branco combate-se com anti-racismo, não com racismo negro. E, a discriminação racial (ou étnica) combate-se eliminando a mesma, não substituindo-a por uma dita "positiva".

Também, quem merece os cargos são as pessoas mais competentes para os mesmos. Não alguém que usa o seu passado familiar como pretexto para passar à frente dos outros.

E, não é só uma boa parte da etnia cigana que vive muito à custa do Estado Social. É também toda uma enorme quantidade de restante lumpen-proletariado português.

Perguntem aos alienados do Facebook (que criticam ciganos, enquanto uma das vizinhas do lado também recebe cheques da segurança social - ou que votam na Joacine só por ela ser negra) o que irão estes fazer relativamente ao Colapso Económico que aí vem[1] ou já teve início[2].

Não saberão eles sequer do que se está a falar - provando, deste modo, o ponto que eu estou a fazer.


"A melhor maneira de controlarmos a oposição é sermos nós próprios a liderá-la."
--- Vladimir Lenine


Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dividir_para_[reinar]


"Until the colour of a man's skin is of no more significance than the colour of his eyes (...) until the basic human rights are equally guaranteed to all without regard to race."
--- Bob Marley


Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 11:07

"Invista numa Economia em Colapso. Compre papel comercial."

18.10.19

Um anúncio dirigido a otários mal-informados, que nem ideia fazem do que aí vem - e que, para além disso, tenham a conhecida "memória de peixe" típica de quem repetidamente vota em partidos do sistema (e não se lembrem, por isso, de que esta é a mesma Mota-Engil cujas acções colapsaram, na Bolsa de Lisboa, em 2016).
Um segundo "caso BES" a ocorrer perante todos, que irá permitir aos actuais detentores do capital passarem a mais-que-prevista grande perda de valor - ou mesmo falência - para os novos, armados em capitalistas espertalhões, que queiram (supostamente) fazer dinheiro fácil à custa do trabalho dos outros.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 17:26