Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Razões de ser para a fraude do "aquecimento global" antropogénico

03.10.19

[Um comentário que deixei num tópico que foi criado num fórum de militares portugueses, onde pessoas que estão (pelo menos, algo) informadas sobre o projecto da Nova Ordem Mundial (e agora afins) têm feito colocações em cadeia.]

 

O suposto "aquecimento global" de origem antropogénica é uma falácia que qualquer pessoa com o 9º ano de escolaridade(?) consegue facilmente aperceber-se de...

 

 

(Se nunca viram o anterior muito bom documentário, feito pelo Channel 4 britânico - https://www.globalresearch.ca/global-warming-a-convenient-lie/5086 - há uma boa razão para tal... Alguém com muito dinheiro comprou os direitos de autor do mesmo e tratou de que este nunca mais fosse exibido publicamente. Sendo os vários vídeos que estão ainda disponíveis no YouTube "cópias piratas" do mesmo.)

Já repararam que, de cada vez que os média de massas portugueses vos diziam, repetidamente, no decorrer das duas décadas que passaram, que o ano anterior tinha sido o mais quente de sempre, nunca vos mostravam tais média quaisquer gráficos que provassem tais afirmações? Isso é porque, qualquer pessoa que vá aos arquivos de medição das temperaturas por satélite, usados nomeadamente pela NASA (que são públicos: http://data.remss.com/msu/monthly_time_series/) e elabore os seus próprios gráficos, consegue ver que tais afirmações são mentira.

 

no_warming.png

 

(O anterior gráfico foi tirado do seguinte vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=bSAgCFLgaVI - sendo que, têm também na seguinte hiperligação uma confirmação do mesmo, sob a forma de um gráfico elaborado pela própria equipa que mantém os registos de satélite: http://www.remss.com/blog/recent-slowing-rise-global-temperatures/)

Parte das razões de ser para esta enorme impostura científica, denunciei-a hoje, neste vosso fórum: http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=2098.msg318291#msg318291

E, se quiserem saber qual é a principal razão de todas, têm também a seguinte denúncia que recentemente fiz, num comentário que deixei no blogue da historiadora Raquel Varela: https://blackfernando.blogs.sapo.pt/a-principal-razao-i-e-a-razao-de-fundo-175885

 

*

 

"...the claims of climate change are exaggerated in an attempt to usher in more government control and regulation."
--- https://www.heartland.org/publications-resources/publications/vatican-climate-conference-presentation-lord-christopher-monckton

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 16:11

Apenas um extra: Não existe tal coisa como uma "camada do ozono"

28.09.19

ozono.jpg

[Junção de dois comentários que fiz a uma notícia de que o "Buraco na camada de ozono está a ficar mais pequeno"...]

 

Não existe, nem nunca existiu, tal coisa como uma “camada de ozono” – i.e. a presença de ozono na atmosfera nunca foi uniforme: https://edisciplinas.usp .br/mod/resource/view.php?id=1616921

É mais uma falácia ambientalista. Esta, uma que surgiu porque as patentes para os gases de refrigeração que são outorgadas pela Organização Mundial do Comércio (OMC) duram 20 anos. E, tendo as patentes dos CFC expirado nos anos 1980, foi preciso criar um pretexto para que as pessoas fossem obrigadas a usar novos gases de refrigeração (os HFC) e continuassem a pagar pela propriedade intelectual de tais gases.

(Oiçam e leiam o que têm a dizer, por exemplo, o climatologista Prof. Ricardo Felício ou o meteorologista Prof. Luiz Molion.)

As moléculas de CFC são mais pesadas do que o ar. E, por isso, tendem a descer aos níveis inferiores da troposfera. Ou seja, por serem demasiado pesadas, as moléculas de CFC não sobem até à estratosfera, onde está localizada a suposta “camada de ozono”.

Autoria e outros dados (tags, etc)