Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Para quem seja capaz de "unir os pontos" por si próprio

23.06.20

 

[Comentário que deixei, no YouTube, ao vídeo em causa.]

 

Reparem em como,

Os países nos quais são reportados, pelos média de massas, os maiores números de vítimas são exactamente aqueles (Brasil, Rússia, EUA) que têm Presidentes não alinhados com os interesses liberal-financeiros que controlam os média de massas.

Em Portugal,

Pouco tempo depois do governo ter proibido as autarquias de reportarem os números de mortos, numa entrevista da RTP aos responsáveis por um estudo feito por uma instituição portuguesa qualquer, foi dito que os números de mortos por região e os totais nacionais não batiam certo.

Também, quem andou a consultar as estatísticas oficiais, reparou que, não só (1) foram acrescentados números ao período de final de Março e início de Abril, criando um pico que não lá estava anteriormente - que fez com que fosse ultrapassada a barreira dos 400 mortos por dia (o que pode, no entanto, ser justificado com uma actualização das informações) - como (2) foi alterado o modo como são apresentadas as estatísticas oficiais, para um em que as actuais aparentam agora ser anormais: https://twitter.com/BlackFerdyPT/status/1253871578338729984

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 15:01

"Aquecimento global antropogénico" desmontado em apenas 3m20s

03.12.19

(Excerto de uma muito boa apresentação feita no Senado Federal do Brasil, em Maio último, pelo conhecido Prof. de Climatologia da muito prestigiada Universidade de São Paulo, Ricardo Felício.)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Até parece que estas histórias ambientalistas são mentiras...

02.12.19

fuel_cells.jpg

Várias perguntas, que ontem deixei num comentário a uma notícia (das várias com que se iludem, em Portugal, os ignorantes quanto ao Colapso Económico que aí vem) em que se descrevia o hidrogénio como um "gás verde" - e que não obtiveram qualquer resposta satisfatória:

 

Então, mas o vapor de água (produzido na combustão do hidrogénio) também não contribui (e muito) para o suposto “efeito de estufa”? (https://www.theguardian.com/environment/2011/jan/28/water-vapour-greenhouse-gas) E, se assim é, como pode então o hidrogénio ser descrito como um “gás verde” – e ser até recomendado o seu uso? Não é por causa do suposto “aquecimento global” que irá o hidrogénio ser adoptado? Ups. Até parece que estas histórias ambientalistas são mentiras e não assentam em ciência real...

 

Pois, tal como acrescentei, numa resposta posterior:

 

Ainda que, a fazer fé no que dizem os média de massas mentirosos, o vapor de água cause um suposto efeito de estufa de curta duração, o que a *contínua* maior emissão deste gás para a atmosfera provocará é então um *contínuo* (i.e. também “fixo”) maior efeito de estufa... Não bate certo com a suposta preocupação ambientalista. (Aliás, entre outras coisas, a explicação para o próprio dito “efeito de estufa” não bate certo, tal como explicam alguns cientistas honestos – e o fez recentemente o Prof. de Climatologia Ricardo Felício, no próprio Senado Federal brasileiro.)

 

Têm aqui, se quiserem, o desmentido do mencionado Professor (daquela que é tida como a melhor Universidade de toda a Ibero-América) Ricardo Felício.

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 09:32

É por isto é que Lula da Silva está preso

19.10.19

(Quem quiser, tem aqui a entrevista completa em causa.)

 

classes_brasil.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quantidade de CO2 na atmosfera já foi 10 vezes a que é hoje...

06.10.19

...E, ainda assim, o Planeta entrou numa Era Glacial.

(O seguinte gráfico, foi exibido há 5 meses no Senado Federal brasileiro pelo climatologista Prof. Dr. Ricardo Felício - e podem mostrá-lo também a quem quiserem, para calar aqueles que digam que é o CO2 que determina a temperatura do Planeta.)

 

Geological_Timescale.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Razões de ser para a fraude do "aquecimento global" antropogénico

03.10.19

[Um comentário que deixei num tópico que foi criado num fórum de militares portugueses, onde pessoas que estão (pelo menos, algo) informadas sobre o projecto da Nova Ordem Mundial (e agora afins) têm feito colocações em cadeia.]

 

O suposto "aquecimento global" de origem antropogénica é uma falácia que qualquer pessoa com o 9º ano de escolaridade(?) consegue facilmente aperceber-se de...

 

 

(Se nunca viram o anterior muito bom documentário, feito pelo Channel 4 britânico - https://www.globalresearch.ca/global-warming-a-convenient-lie/5086 - há uma boa razão para tal... Alguém com muito dinheiro comprou os direitos de autor do mesmo e tratou de que este nunca mais fosse exibido publicamente. Sendo os vários vídeos que estão ainda disponíveis no YouTube "cópias piratas" do mesmo.)

Já repararam que, de cada vez que os média de massas portugueses vos diziam, repetidamente, no decorrer das duas décadas que passaram, que o ano anterior tinha sido o mais quente de sempre, nunca vos mostravam tais média quaisquer gráficos que provassem tais afirmações? Isso é porque, qualquer pessoa que vá aos arquivos de medição das temperaturas por satélite, usados nomeadamente pela NASA (que são públicos: http://data.remss.com/msu/monthly_time_series/) e elabore os seus próprios gráficos, consegue ver que tais afirmações são mentira.

 

no_warming.png

 

(O anterior gráfico foi tirado do seguinte vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=bSAgCFLgaVI - sendo que, têm também na seguinte hiperligação uma confirmação do mesmo, sob a forma de um gráfico elaborado pela própria equipa que mantém os registos de satélite: http://www.remss.com/blog/recent-slowing-rise-global-temperatures/)

Parte das razões de ser para esta enorme impostura científica, denunciei-a hoje, neste vosso fórum: http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=2098.msg318291#msg318291

E, se quiserem saber qual é a principal razão de todas, têm também a seguinte denúncia que recentemente fiz, num comentário que deixei no blogue da historiadora Raquel Varela: https://blackfernando.blogs.sapo.pt/a-principal-razao-i-e-a-razao-de-fundo-175885

 

*

 

"...the claims of climate change are exaggerated in an attempt to usher in more government control and regulation."
--- https://www.heartland.org/publications-resources/publications/vatican-climate-conference-presentation-lord-christopher-monckton

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 16:11

Apenas um extra: Não existe tal coisa como uma "camada do ozono"

28.09.19

ozono.jpg

[Junção de dois comentários que fiz a uma notícia de que o "Buraco na camada de ozono está a ficar mais pequeno"...]

 

Não existe, nem nunca existiu, tal coisa como uma “camada de ozono” – i.e. a presença de ozono na atmosfera nunca foi uniforme: https://edisciplinas.usp .br/mod/resource/view.php?id=1616921

É mais uma falácia ambientalista. Esta, uma que surgiu porque as patentes para os gases de refrigeração que são outorgadas pela Organização Mundial do Comércio (OMC) duram 20 anos. E, tendo as patentes dos CFC expirado nos anos 1980, foi preciso criar um pretexto para que as pessoas fossem obrigadas a usar novos gases de refrigeração (os HFC) e continuassem a pagar pela propriedade intelectual de tais gases.

(Oiçam e leiam o que têm a dizer, por exemplo, o climatologista Prof. Ricardo Felício ou o meteorologista Prof. Luiz Molion.)

As moléculas de CFC são mais pesadas do que o ar. E, por isso, tendem a descer aos níveis inferiores da troposfera. Ou seja, por serem demasiado pesadas, as moléculas de CFC não sobem até à estratosfera, onde está localizada a suposta “camada de ozono”.

Autoria e outros dados (tags, etc)