Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Uma visão (muito) mais optimista da situação no Irão?

09.01.20

iranian_crisis.png

[Os outros três comentários de que falo, nos anteriores tweets, são os que deixei a <este> tweet.]

 

*

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 23:41

"Dividir para reinar"

23.10.19

[Mais um comentário que fiz, a propósito dos resultados eleitorais do "Livre" e do "Chega".]

 

O racismo sempre foi uma boa maneira de manter a plebe governada dividida e a lutar entre si, impedindo o progresso social.

E, o exemplo mais clássico de que esta é uma fórmula usada pelas elites governantes, é o do "Ku Klux Klan", nos EUA - cujas iniciais se podem traduzir pela sequência maçónica 11, 11, 11. (Já repararam também na data e hora do Armistício da Primeira Guerra Mundial?)

Um dos fundadores e líderes originais do KKK foi o general Albert Pike, muito conhecido maçom de 33º grau e conhecido até como o pai da Maçonaria no sul dos EUA.


Tendo o seu grupo sido ressuscitado nos anos 1950, obviamente para servir de antítese ao Movimento dos Direitos Civis dos negros nos EUA, para criar conflitos raciais.

"The reemergence of the KKK during the late 1950s and 1960s was again centered in the South, and now its purpose was to foment race war between blacks and whites. With the other side of the set-up, the civil rights movement, largely under the control of the various liberal (...) networks (...) the contrived race war scenario enjoyed significant success. Today that same terror capability is still in place, and still under the control of the same forces."
--- https://larouchepub.com/eiw/public/1978/eirv05n39-19781010/eirv05n39-19781010_050-the_rothschild_roots_of_the_ku_k.pdf

(Não sendo por acaso que várias pessoas, incluindo um muito conhecido radialista estadunidense, vão para as manifestações do KKK chamá-los de agentes do próprio sistema: https://www.youtube.com/watch?v =qEomUOe22ew)

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 15:23

A Questão Kubrick

21.07.19

[Um vídeo de James Corbett, que me faz ter agora menos dúvidas sobre o que o autor (com fontes muito privilegiadas) Daniel Estulin e o radialista Alex Jones disseram sobre Stanley Kubrick...]

 

(As fontes que foram usadas para este vídeo estão disponíveis aqui.)

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 00:32

A tecnologia avançada que é de nós escondida

07.03.19

unknown_tech.jpg

Um outro comentário que fiz, numa publicação sobre novidades tecnológicas, a um artigo no qual o autor português ridicularizava Donald Trump, por sugerir o último que se implementasse tecnologia de telemóveis de 6ª geração.

 

No que toca à tecnologia informática, e não só, a que já foi desenvolvida e é secretamente usada pelo governo estadunidense (sabe quem está bem informado) está sempre cerca de duas décadas à frente da que é do conhecimento público e é usada pelo comum cidadão.

Alguém aqui sabe, por exemplo, que o governo dos EUA já desenvolveu a Fusão a Frio – e que poderá tornar tal tecnologia pública se o preço do petróleo subir para valores demasiado elevados? (https://www.youtube.com/watch?v=mbMnsNuXhJo)

Alguém aqui sabe, por exemplo, que o mesmo tipo de Inteligência Artificial imensamente poderosa, cuja uma variante é hoje usada para gerir todas as máquinas de ATM do Mundo em tempo real e ao mesmo tempo, já existia desde os anos 1970 – e que, desde a criação da Internet tal IA é usada para vigiar tudo o que nesta última rede se passa? (https://trisquel.info/en/forum/sentient-code-inside-look-stephen-wolframs-utterly-new-insanely-ambitious-computational-paradi#comment-46043 + https://www.wook.pt/livro/conspiracao-octopus-daniel-estulin/10636938)

(E, a título de grande curiosidade, alguém aqui já se deu alguma vez ao trabalho de ler o que têm a dizer aqueles que dizem que as imagens que nos mostraram da alunagem de 1969 são falsas? Quem conhece pessoalmente astronautas estadunidenses, diz que foi para não revelar a tecnologia avançada que já na altura o governo dos EUA possuía: [vídeos censurados pelo YouTube: https://www.infowars.com/update-youtube-bans-alex-jones-channel/])

Por isso, das duas uma:

1) Ou Donald Trump está apenas a fazer uma afirmação que visa apelar a um mais acelerado desenvolvimento tecnológico.

2) Ou, de facto, “Donald Trump sabe mais do que diz sobre o 6G”...

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Internet é um instrumento de vigilância (e também de controlo)

26.08.18

Um excerto da edição de 21/08/2018 do The Alex Jones Show, que vem confirmar o que eu já tinha vindo a denunciar aquiaqui e aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 01:09

Este blogue é também "pró-Vida, anti-Aborto"

14.08.18

science.jpg

[Um comentário que deixei hoje num blogue cristão, a propósito da polémica que está a ocorrer na Argentina relativa à legalização ou não do Aborto.]

 

“Matamos crianças – e com a plena convicção de que estamos a fazer o que é certo!”

Que orgulho teriam os vossos antepassados da sua descendência.

Não lancem areia para os olhos das pessoas. Isto não tem nada a ver com separar a Igreja do Estado – pois, há muito que os vários países cristãos o fizeram. Isto também não tem sequer necessaria, exclusiva ou especificamente a ver com os valores cristãos, mas com algo que deveria ser universal a todos os seres humanos, que é a Valorização de e o Respeito pela Vida Humana, suas novas gerações de acéfalos e degenerados.

Já agora, os falsos “movimentos feministas” de que fazem vocês parte, seus acéfalos e ignorantes, são criações das elites que vos manipulam e vos exploram, que visam destruir as vossas famílias (https://www.prisonplanet.com/10-ways-true-feminism-is-under-attack.htmlhttps://forum.prisonplanet.com/index.php?topic =98774.msg619595#msg619595 + https://www.youtube.com/watch?v=zCpjmvaIgNA). Mas, suponho que também as últimas já não sejam algo de muito importante para vós.

 

[Ao qual acrescento que...]

 

Sei que esta é uma posição muito singular entre quem se diz "socialista libertário" - mas, é esta uma posição que sempre tive, incluindo quando fiz parte de colectivos anarquistas no passado.
Toda a gente tem direito à sua liberdade sexual, é certo. E, tudo o que seja consensual entre pessoas maiores de idade e conscientes do que fazem, não tem de estar sujeito à aprovação dos outros. Mas, a partir do momento em que estamos a falar de uma outra vida humana - e, ainda por cima, de uma criança - que é metida no assunto, não por vontade própria, as coisas mudam.
Não sou contra o que sempre foi o senso comum de permitir abortos em casos de violação, malformação do feto ou em que esteja em risco a vida da mulher.
Agora, qualquer coisa mais para além disto é, para além de infanticídio, um desrespeito imenso pela Vida Humana e a legitimação da irresponsabilidade.
E (não tendo eu votado contra despenalização do mesmo da segunda vez, por entender na altura que isso seria estar a reconhecer a legitimidade da autoridade do Estado para, através das suas corruptas forças policiais, punir quem o fizesse) soubesse eu que a despenalização do Aborto iria permitir, hoje em dia, que dezenas de milhares de crianças sejam mortas pelo próprio Estado - e, ainda por cima, com dinheiro dos contribuintes que são contra (e não querem ser cúmplices com) tal crime - teria mesmo me dirigido, uma vez mais, às cabines de voto locais para tentar impedir tal coisa de ocorrer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Crimes Invisíveis

25.07.18

Pensei em escrever uma longa colocação, sobre todas as implicações que a seguinte notícia representa... Mas, como a paciência já não é muita - e, já agora, também para tentar estimular alguns neurónios - irei então, de modo sucinto, referir apenas algumas das mais importantes implicações - que poderão depois vocês complementar, à medida que forem, por outros meios, aprendendo mais sobre as possibilidades que oferecem este tipo de sistemas de vigilância, que operam com recurso à inteligência artificial.

Vejam o seguinte filme e depois leiam a notícia - ou, se quiserem, façam ao contrário...


 

Bill Gates backs a $1 billion plan to cover Earth in 'Big Brother' satellites capable of streaming 'live and unfiltered' HD footage of the planet

 


...e, depois de o fazerem, saibam que:

  1. Já é possível, através da inteligência artificial, reconhecer alguém pelo seu modo de andar.
  2. Tudo o que é feito com recurso a vídeo pode ser gravado. E, deste modo, cada um de nós poderá passar a ter o "filme da sua vida" (filmado de "cima", por estes satélites - e complementado pelo cada vez maior número de câmaras de vigilância em espaços públicos) destacado dos registos do Grande Irmão, depois de serem os dados gravados processados para mostrar apenas o percurso de uma única pessoa. (E, como tal, de cada vez que quiser o Grande Irmão saber onde, e com quem, é que estávamos em certo dia, e a certa hora, terá apenas de usar as suas capacidades informáticas.)
  3. Também, se se quiser fazer esta vigilância em tempo real, observar milhões (ou mesmo biliões) de indivíduos - ou, em termos informáticos, gerir milhões (ou mesmo biliões) de instâncias - ao mesmo tempo, certamente que não será nada por aí além, por parte dos supercomputadores que existirão quando tal sistema for implementado (e, provavelmente, até com os que já existem, mas que nós desconhecemos).


Soa-vos rebuscado?
Informem-se sobre a chamada Lei de Moore - que diz que a evolução da capacidade de processamento informático é feita de modo exponencial (e não apenas linear) - e comparem, por exemplo, os MHz dos computadores da vossa infância com os que se vendem hoje em dia (e, acima de tudo, saibam que a tecnologia que o Grande Irmão possui está sempre décadas à frente do que é do uso, ou sequer conhecimento, público).

Soa-vos totalitário?
É isso mesmo que é... E, tal como o filme de Wim Wenders indicia... O que um sistema de vigilância destes (associado ao uso de armas de qualquer tipo e a um regime totalitário) representa, são os literais controlo quase-absoluto dos cidadãos e quase-fim da possibilidade de movimentações sociais por parte dos últimos que ponham em causa o regime vigente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 20:57

O que (muito provavelmente) terá acontecido a Anthony Bourdain

19.06.18

Assunto: Anthony Bourdain foi [quase certamente] morto

(Estava prestes a usar a sua série de televisão para denunciar tráfico sexual de crianças - no qual as elites estão, por norma, envolvidas: https://www.zerohedge.com/news/2017-01-25/clinton-silsby-trafficking-scandal-and-how-media-attempted-ignorecover-ithttps://twitter.com/EstulinDaniel/status/926957171564167168https://twitter.com/EstulinDaniel/status/926958967904911360https://sputniknews.com/europe/201508051025409195/ + http://www.dailymail.co.uk/news/article-4238188/Sir-Edward-Heath-paedophile-says-police-chief.html)


A seguinte entrevista foi feita a um radialista com 24 anos de carreira - e que é descrito pelo próprio Donald Trump como tendo uma "reputação fantástica" (https://www.youtube.com/watch?v=FJqLAleEnKw).



(No fundo, é uma história semelhante à que conta este radialista acerca do realizador Stanley Kubrick - https://forum.prisonplanet.com/index.php?topic=157208.msg935683#msg935683 - de quem tal muito conhecido apresentador é amigo de uma das filhas: https://www.youtube .com/watch?v=UoDKg8nHI1U#t=8m23s)

Autoria e outros dados (tags, etc)