Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Quem vos avisa...

17.08.20

russian_vaccine.jpg

 

Assunto: Cuidado com as vacinas

[A propósito desta notícia: https://br.sputniknews.com/opiniao/2020081115937087-editorial-proibido-vacina-sputnik-como-salvadora-da-parceria-global/]

Toda a gente que investiga a história das vacinas, conclui que estas - pelo menos, na sua forma actual e comum - constituem uma fraude científica. E, têm nas seguintes hiperligações o que eu próprio já tive a dizer sobre as mesmas:

https://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=9302.msg320809 #msg320809
https://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=9302.msg320920 #msg320920
https://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=9302.msg325245 #msg325245

Eu também já ouvi dizer, da parte de quem as investiga, que é possível produzir vacinas que funcionem realmente - mas, pessoalmente, nunca vi *provas* algumas disso (tendo apenas visto provas do contrário).

Com a "crise" (na verdade, Colapso Económico) que aí vem (ou se irá agravar), vai haver pessoas a mais para recursos naturais a menos (tal como já terão vocês concluído, a propósito do fenómeno do Pico do Petróleo). E, envenenar pessoas através de vacinas, ou incluir nelas agentes antifertilidade (que impeçam as mulheres depois de terem filhos - tal como já tem sido a ONU repetidamente apanhada a fazer: https://www.globalresearch.ca/mass-sterilization-kenyan-doctors-find-anti-fertility-agent-in-un-tetanus-vaccine/5431664) é uma muito boa maneira de "resolver" tal problema.

Extras:

https://www.prisonplanet.com/conclusive-global-distribution-of-rockefeller-funded-anti-fertility-vaccine-coordinated-by-who.html
https://www.prisonplanet.com/in-addition-to-vaccines-rockefeller-foundation-presents-anti-fertility-gm-food-for-%E2%80%9Cwidespread-use%E2%80%9D.html
http://news.biafranigeriaworld.com/archive/2003/jul/28/0142.html
https://www.prisonplanet.com/msnbc-in-cover-up-of-manifestly-provable-population-control-plan.html

Sobre o que dizem os russos,

O conhecido coronel de contra-espionagem militar, Daniel Estulin, que ainda tem ligações aos serviços secretos russos, tem repetidamente avisado as pessoas para não tomarem as vacinas que aí vêm - que se distinguem até por serem um novo tipo de vacina experimental que altera o ADN das pessoas:

(a partir dos 18m15s) https://www.youtube.com/watch?v=2UvNtf41z-0
(ou, em castelhano) https://www.buzzsprout.com/332756/2685775

Extras:

https://twitter.com/search?q=vacunas%20from%3AEstulinDaniel
https://en.wikipedia.org/wiki/RNA_vaccine

E, eu não sei (ainda) exactamente o que se passará na Rússia, para que o governo da mesma esteja a promover vacinas... Mas, sei também que Putin (tal como Trump) apenas controla parte do seu governo - estando a maior parte restante sob controlo de quem ainda domina o Ocidente (ler Estulin). E, por isso, não descarto mesmo nada a possibilidade de que também as vacinas que os russos estejam a avançar com contenham agentes nocivos.

 

[Acrescentado a 23/08/2020: Quando eu falo em envenenar pessoas através das vacinas, estou por exemplo a pensar nos vários casos em que foram descobertas vacinas contaminadas com vírus - https://web.archive.org/web/20090310144050/http://www.lifegen.de/newsip/shownews.php4?getnews=2009-02-25-5123 + https://www.sv40foundation.org/]

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 00:24


1 comentário

Imagem de perfil

De Fernando Negro a 17.08.2020 às 00:49

Uma resposta que depois dei, a uma resposta à mensagem original:

Como eu disse, eu não descarto a possibilidade de haver vacinas que funcionem realmente (embora, pelo que sei, duvide de tal fenómeno - pois, o que estas fazem é criar defesas contra uma versão modificada do agente patogénico em causa). Apenas, o que costumo dizer é que:

"Tanto quanto eu pude apurar (e, pelo menos, na sua forma actual) as vacinas são uma fraude médica" (como dizia no ForumDefesa.com) ou "que estas - pelo menos, na sua forma actual e comum - constituem uma fraude científica" (tal como lhe dizia na mensagem anterior).

E, isto porque, tendo eu visto repetidos dados estatísticos sobre a incidência de várias doenças, antes e depois da introdução das vacinas (neste documentário, em parte feito também por médicos: https://archive.org/details/Vaccination..The.Hidden.Truth.1998) concluo que estas, tal como são administradas ao comum cidadão ocidental, não funcionam.

Inclusivamente, uma coisa que partilhei no ForumDefesa.com foi que:

«Eu soube de indícios disto primeiramente em 2003. E, quando em 2006 iniciei uma temporada inteira de voluntariado, que implicava muito trabalho físico com ferramentas (...) queriam que eu me vacinasse contra o tétano. Ora, fui então pesquisar na Internet sobre a vacina em causa e, com recurso a fontes credíveis - como a revista New Scientist e afins - constatei que, entre as pessoas que tinham contraído esta doença, a percentagem que tinha sido vacinada contra ela era exactamente ou sensivelmente a mesma que a de pessoas vacinadas na população, em geral. Ou seja, pude constatar que esta vacina era obviamente ineficaz.»

(E tem também, a seguir, uma prova da ineficácia da tão falada vacina contra a gripe, por exemplo: https://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=9475.msg325891#msg325891)


[continua]

comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.