Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A "estratégia" de Jair Bolsonaro para evitar os debates televisivos

27.10.18

Como creio que disse, numa das colocações que fiz no início deste blogue, não é minha intenção, depois de ter criado este meu sítio na Internet, estar a usá-lo com o propósito central de publicar desmentidos relativos ao que os média de massas dizem, quase todos os dias, que não é verdade...
(Pois, se o fizesse, teria de estar a perder horas inteiras, também quase todos os dias, que prefiro usar a pesquisar sobre e denunciar coisas mais importantes, para quem já tomou a sábia decisão de quase não se dar ao trabalho de ouvir o que estes média controlados têm a dizer...)
Mas, como esta corrida presidencial brasileira me tem despertado muito interesse, lá tenho por vezes tomado a decisão de ver uma ou outra reportagem televisiva sobre o que se passa no Brasil, para ver que tipo de apoio popular é que têm estes dois candidatos - e, em especial, Bolsonaro.
E, não surpreendentemente, lá apanhei uma e outra mentira que é dita sobre Bolsonaro, que nem me quero dar ao trabalho de desmentir, para quem não tiver a inteligência para as topar.
Mas, ainda assim, uma houve e há que, de tão ridícula que é, não resisto a chamar a atenção para...
Ora, reparem bem em como os vários repórteres portugueses (nos quais se inclui a "estrela" do jornalismo-canalha, Judite "boca de operação plástica, com dificuldade em mover-se" de Sousa, que foi para o Brasil enviada pela TVI, como correspondente especial) dizem que o facto de Bolsonaro não ter participado em debates televisivos se deve a uma "estratégia" que foi por este adoptada...
(Quando, toda a gente que espreitar entrevistas a ele feitas, que podem ser vistas no YouTube, pode constatar que este candidato se distingue até claramente por aceitar participar muito mais em debates nos quais sabe previamente que irá ser "maltratado", por não ter medo de perguntas que possam ser difíceis de responder e que lhe possam colocar.)
Podemos então concluir, segundo a lógica absurdo-cómica dos média de massas portugueses, que o ataque de que foi alvo Bolsonaro se tratou então de um "atentado de bandeira falsa"?
(E, já agora, que o ar claramente doente com que ele é fotografado em algumas das visitas que lhe fazem a casa se trata então de uma cínica encenação?)

bolsonaro_17.png

[Editado ou acrescentado, duas horas depois da publicação original: Incrível! A pesquisar por mais vídeos no YouTube, encontrei a seguinte "pérola" da mencionada TVI. Oiçam Miguel "sisudo" Sousa Tavares a dizer que Bolsonaro está a fingir(!) que está doente, avaliação com a qual concorda o anfitrião do telejornal em causa: https://www.youtube.com/watch?v=vbQ0I8YIsFo#t=1m56s]

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 09:12