Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mudei-me, definitivamente, para o/a SAPO

07.11.14

sapo.png

Depois de uma precipitada mudança para um servidor russo, à procura de refúgio da censura e vigilância por parte da Google/NSA/CIA...
Venho informar os meus seguidores que, decidi antes assentar no serviço de alojamento de blogues da SAPO - e por aqui ficar, na esperança de que esteja aqui mais seguro, de intrusões de agentes norte-americanos na minha publicação.
Como tal, já corrigi a colocação onde anunciava eu a mudança de endereço do blogue. E, aproveito para acrescentar que, após tudo isto, irei também abandonar a última conta que ainda uso da Google - que é a conta que tenho no YouTube (no qual, para além dos vários episódios de censura, já pude observar também "estranhas ocorrências", num vídeo meunoutro de um activista britânico) - e irei, antes, passar a usar o serviço de partilha de vídeos também da SAPO.
Assim sendo, a minha actividade escrita, a começar por este blogue (e vamos aguardar para ver o que irá mais a SAPO oferecer, em termos de alojamento de páginas), a minha actividade de partilha de imagens, de vídeos e de ficheiros (alojados na "nuvem"), irá passar a ser toda feita em serviços pertencentes, ou ligados, à SAPO - e, como tal, alojados em servidores portugueses.
O serviço de blogues aqui, pode não ser tão completo quanto o da Blogger - em termos de personalização do aspecto das publicações - mas, tem também algumas vantagens - como permitir usar mais etiquetas nas colocações. E, irei tentar, dentro do possível, alterar aos poucos a apresentação da minha publicação, para a tornar o mais agradável possível de se ler. Mas, não prometo grande coisa, dadas as (muito) limitadas opções que tenho à minha disposição.
Também, outra coisa da qual vos quero, desde já, notificar é que: para um serviço que supostamente quer fazer a diferença de ser especificamente português... A linguagem, por norma, aqui utilizada, é de "ir aos arames"... "Tags" em vez de "etiquetas", "posts" em vez de "colocações", "links" em vez de "ligações", enfim...
Suponho que seja mais uma manifestação da falta de valores das novas gerações de gente acéfala e amoral, que não se preocupa em defender o que quer que seja - incluindo a sua própria cultura, que tão rica é (e que tanta pena mete que esteja a ser simplesmente ignorada e abandonada).

Vamos então às colocações finais, que ainda quero fazer...

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 12:55