Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Flúor: Veneno na Torneira

21.05.17

(Não sendo a presença desta substância tóxica na rede pública de abastecimento de água uma realidade no nosso país, em particular, este documentário não deixa de ser interessante, no que toca a denunciar a verdadeira natureza desta substância - que é colocada em pastas de dentes, à venda no nosso país - e a origem, que muitos desconhecem, deste veneno.)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 11:46

O perigo que se esconde nas pastas de dentes com flúor

17.05.17

sodium_fluoride.jpg

 

(E, já que estamos numa de publicar aqui cartas de aviso que tenho enviado, aqui vai mais uma, que enviei no mês passado.)

 

Assunto: Pastas de dentes com flúor

A propósito de uma ida minha hoje a [um grande centro comercial], para comprar uma pasta de dentes sem flúor, depois de me ter dado conta de que uma criança a meu cuidado estava a usar uma pasta com esta substância, venho avisar todos os que conheço, que têm crianças, do seguinte:

O flúor é um produto tóxico (razão pela qual as pastas de dentes vêm com avisos para procurar tratamento médico se se ingerir a mesma e com advertências para não combinar o uso da mesma com outras substâncias que contenham flúor). É um veneno que é usado como pesticida (para matar insectos e pequenos mamíferos) e cuja ingestão causa vários problemas sérios de saúde, como cancro. É também uma substância que tem efeitos a nível do cérebro e é conhecido o seu particular efeito na redução do QI das crianças, que tem sido exposto em vários estudos científicos. A sua introdução em diversas substâncias a que estamos expostos, não tem nada a ver com uma qualquer preocupação extrema por parte dos nossos governantes com os aspectos mais secundários da saúde das pessoas. (Lembrem-se de que estes são os mesmos governantes que dão milhares de milhões de euros a banqueiros privados, para cobrir os prejuízos dos últimos, ao mesmo tempo que conscientemente subfinanciam hospitais, onde já morrem pessoas por falta de assistência médica.) O que se passa, é que o flúor é um subproduto/lixo industrial (da indústria de fertilizantes e do alumínio) cuja eliminação (exactamente por ser muito tóxico) é muito cara (por ser preciso diluí-lo numa enorme quantidade de água, antes de poder ser lançado numa rede de esgotos). E, entre estar a gastar rios de dinheiro (e de água, que é um recurso que irá começar a escassear para todos - incluindo as elites que constituem os grandes interesses económicos) e simplesmente arranjar uma maneira de eliminar tal produto tóxico, (1) incluindo-o como ingrediente em diversos produtos de consumo ou (2) despejando-o nas redes de abastecimento de água públicas, é muitíssimo mais barato (/rentável) para os grandes interesses económicos das várias indústrias (que controlam os nossos políticos) praticar a segunda acção. Isto é uma coisa que anda a ser exposta há décadas. E, até já deu origem a petições (http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=P2011N6190) para que fosse este veneno retirado das redes de abastecimento de água. Já no início da década passada me lembro bem de ouvir uma entrevista a um Professor de Química (que entretanto já fez um vídeo de denúncia sobre disto: https://www.prisonplanet.com/professor-paul-connett-your-toxic-tap-water.html + https://www.youtube.com/watch?v=zo6SnvmMP9k) que no decorrer de tal entrevista só repetia a expressão "It's insane!" para descrever a prática de incluir flúor em produtos de consumo humano.

As duas hiperligações seguintes são apenas duas amostras

https://www.prisonplanet.com/articles/january2008/011508_fluoride_horror.htm
https://www.prisonplanet.com/bombshell-government-admits-fluoride-hurting-children.html

da muita informação a que poderão ter acesso, se usarem os seguintes termos de pesquisa na Internet:

https://www.google.pt/search?q=fluoride+site:www.prisonplanet.com

 

(Tendo eu a acrescentar a esta carta que, o sítio onde descobri uma pasta de dentes sem flúor especificamente para crianças, foi numa das lojas "Celeiro", que existem nos principais centros urbanos. Loja essa, onde existem várias pastas de dentes sem flúor, também para adultos. Sendo as que mostro na seguinte fotografia as poucas que ainda consigo, ou conseguia, encontrar fora de tal loja - e sendo elas, de cima para baixo, (1) uma que se pode encontrar numa loja/secção pertencente ao meu hipermercado local, dedicada a pessoas mais preocupadas com a sua saúde, (2) uma que podia eu também encontrar num supermercado de uma vila, no interior do país, onde estive recentemente a viver e (3) uma variante de uma conhecida marca, que não consigo eu mais encontrar e que se distinguia por não possuir a maléfica substância "Sodium Fluoride". Como vêem, são ainda algumas as pastas que se podem encontrar nos normais locais de venda a retalho. Sendo que, se em consequência do Colapso Económico que já estamos a viver, deixarem estas marcas de ser vendidas, podem sempre fazer as vossas próprias pastas de dentes em casa, recorrendo às várias simples fórmulas que se podem encontrar na Internet. Tendo vós <aqui> apenas um exemplo disto.)

 

pastas_de_dentes.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 20:17

Medicamentos perigosos, hormonas na comida, vacinas

10.12.14


(Provas recentes de que a mencionada ONU usa agentes antifertilizantes em vacinas, <aqui>.)

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 08:21

Como andamos todos a ser envenenados sem o saber

08.12.14


(Um muito bom acrescento ao que é dito neste vídeo, que cobre mais do que produtos alimentares, aqui.)

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 06:42

Democídio e morte lenta

22.05.13

(Quem quiser ver apenas a parte séria, e de muito interesse, pode saltar logo para a marca dos 5m e 48s.)

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 00:01