Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Quase todos os computadores e alta tecnologia (das principais marcas) que usamos são, pelo menos em parte, fabricados pela chinesa Foxconn, conhecida pelo seu trabalho quase-escravo

21.07.15

foxconn.jpg

Pessoalmente, há já muitos anos que desisti de tentar comprar produtos que não fossem "Made in China"... Pelo simples facto de que quase tudo, hoje em dia, é (inevitavelmente) feito na China.
Mas, o que digo no título desta colocação, foi uma infeliz constatação que fiz, depois de pesquisar por alternativas a alguns aparelhos que tenho (incluindo até um leitor de livros electrónicos) - dos quais pensei me livrar, por ter finalmente tido verdadeira consciência das condições em que foram feitos... Raios. Até a fonte de alimentação do meu computador, que recentemente rebentou ao fim de 9 anos de uso, tinha um autocolante a dizer "Foxconn"...

Têm aqui a explicação de porque razão é aos produtos da Apple que, normalmente, se costuma associar este fabricante chinês e aqui uma lista de várias outras das principais companhias de computadores e produtos de alta tecnologia que recorrem a este fabricante.
A história de uma trabalhadora da Foxconn que se tentou suicidar - e que sobreviveu para contar porque razão fez tal coisa - pode ser lida <aqui>.

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 04:29



1 comentário

Imagem de perfil

De Fernando Negro a 21.07.2015 às 04:47

Quem pense em comprar produtos de outras marcas, que não sejam as mais conhecidas, posso avisar (derivado da minha própria experiência) que a coisa não costuma correr bem. Pois, o (não) controlo de qualidade que é feito e até mesmo os produtos que são bem fabricados, deixam muito a desejar... E, para além disso - segundo dizem alguns - não é só no mais conhecido fabricante chinês, que eu mencionei, que as condições de trabalho são horríveis - mas, em quase todo o sector industrial chinês.

No entanto, algo de que estou certo é de que, por ser este o fabricante a que recorrem as principais companhias, será neste que é feita uma maior pressão sobre os trabalhadores, para garantir a qualidade dos produtos - e, acima de tudo, grandes lucros. (E, a prová-lo, está o facto de que um dos suicídios reportados na Foxconn foi derivado de uma simples perda de um protótipo de um iPhone.)

Ainda assim, nem tudo são más notícias. Pois, os salários nesta companhia têm vindo a subir substancialmente. E, para além de quem simplesmente decide abandonar o seu emprego neste fabricante, há quem escolha a opção (muito mais inteligente do que se suicidar) de lutar por melhores condições de trabalho, através de greves e afins.

comentar colocação