Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Não posso com este movimento

27.01.15

podemos.jpg

Deixo, a seguir, a fotografia de um comentário que fiz, há 1 mês, num suposto sítio anarquista na Internet, relativo a uma decisão tomada pelo colectivo que gere tal sítio, de aderir a esta farsa de partido (decisão essa, à qual se seguiu um estranho comunicado por parte da CNT espanhola, prontamente emitido, menos de uma hora depois e a altas horas da noite) onde me faltou dizer que: O que também não é lá muito anarquista, é estar muito mal informado sobre questões políticas - e, consequentemente, tomar más decisões sobre as mesmas. (E, isto, partindo do princípio de que se trata de um sítio gerido por pessoas honestas - coisa em que não acredito...)

alasbarricadas.org.png

E, é tal e qual como lêem. Acredido tanto neste partido ou movimento - que recorre à versão espanhola da máxima "Yes We Can" - como confio no partido grego Syriza.
(Veja-se até aqui uma fotografia linda, do apoio mútuo que existe entre estas duas farsas.)
E, ainda menos, quando olho para o (muito importante) passado político recente de quem o lidera.
Movimento este, que tem agora até uma imitação barata portuguesa, do menos convincente que já alguma vez vi... Ahahah :)
E, dito isto, a quem procure soluções, tenho a dizer também o seguinte...
A haver uma (verdadeira) Revolução, esta só poderá ocorrer quando as pessoas tiverem verdadeira consciência política. Consciência e consciencialização essas, que começam com o estarem bem informadas sobre as mais importantes questões políticas. (O que, ao apoiar estas farsas de partidos e movimentos, prova muita gente, que nestas esparrelas está a cair, não estar...)

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 14:26