Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Militares a vigiar crianças nas escolas públicas portuguesas

16.06.15

Quem pensasse que ter membros das forças armadas a policiar o comum cidadão era coisa que só podia acontecer nos EUA e outros países ocidentais, grandemente atingidos pelos ataques terroristas de bandeira falsa, desengane-se...
O mesmo fenómeno acaba de chegar ao país imensamente violento que é Portugal, de uma forma inicial e discreta. (Sendo de esperar, obviamente, que vá evoluindo daqui para a frente...)
Agora já percebo o porquê de tanta paranóia, nos média de massas, com a questão do "bullying"! :)

 

militares.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

colocado por Fernando Negro às 16:45



2 comentários

Sem imagem de perfil

De Thor a 17.06.2015 às 18:05

o bullying não é 'paranóia' nenhuma. é bem real.

mas de resto, o teu artigo tem toda a razão de ser.
Sem imagem de perfil

De Ervilhácea a 10.07.2015 às 15:45

O dito "bullying", sempre existiu desde que o homem é homem. Não é algo recente como os médias de informação nos tentam fazer crer. O gozo e o escárnio, sempre fizeram parte das relações sociais, ver por vezes chegar á agressão física. Mesmo entre adultos isso acontece, mais discretamente certo, e sobretudo ao nível psicológico. Agora a questão é, porque as autoridades, de um dia para o outro, resolveram simplesmente elevar este simples feito, a um "fenómeno" extraordinário ? Como se fosse algo recente ?

comentar colocação